Confira dicas que devem ser praticadas ainda durante a faculdade


O mercado de trabalho está cada vez mais acirrado na área do jornalismo. São muitos profissionais para poucas vagas. Possuir conhecimentos e currículo diferenciados é relevante no processo seletivo numa vaga de estágio ou emprego. E os predicados para um jornalista competente devem ser adquiridos ainda na faculdade.

Confira dicas que devem ser praticadas ainda durante a faculdade.

- Acompanhar noticiários

É recomendável e de praxe que jornalistas sempre estejam informados sobre atualidades, seja sobre assunto de economia, de cultura ou de política, e ainda de moda ou tecnologia. Conferir os noticiários através do rádio, do jornal impresso, da televisão, da internet é ótimo para formar opinião e gerar criticidade para analisar a estrutura que a notícia é elaborada, assim como a produção jornalística (Quais informações repercutem mais? O que gera conteúdo no jornalismo?). Existe aquela frase clichê: “Um bom jornalista sabe de tudo”, e de fato é.

- Possua uma lista de contatos

É comum vermos a opinião de um especialista anexada numa matéria. No jornalismo existe o termo ‘fonte’, que são pessoas que complementam e agregam informações à notícia. Também existem os facilitadores, ou seja, aqueles que promovem uma pauta, impulsionam uma publicação. E também tem aqueles que indicam oportunidades de estágios e emprego. Estamos falando de contatos.

Seja em qualquer área é importante haver contatos com pessoas importantes. É bom, logo ainda na faculdade, o estudante possuir um bloco de notas com nomes, telefones e emails de professores, jornalistas formados, empresas de estágios e empregos, assim como pessoas que têm especializações em áreas específicas. Isso futuramente será importante, seja para conseguir um emprego, seja para acrescentar informações à matéria.

É válido ressaltar da importância dos contatos com fontes que não são relacionadas ao jornalismo. Você conhece veterinários, médicos, advogados, professores, engenheiros, policiais, estudantes? Possua o contato de ambos, futuramente eles poderão informar algo para a conclusão de uma matéria.

- Seja amigo dos professores

Os professores devem estar em sua lista de contatos, sem dúvidas. Eles são formados, conhecem outros profissionais, têm acesso e contato com empresas de estágios e empregos, muitas vezes, são amigos de diretores, editores, jornalistas de veículos de comunicação. Ser amigo de um professor é bom e necessário, pois você sentirá à vontade para mostrar e pedir dicas e ajuda na elaboração ou execução de projetos. Principalmente no processo do Trabalho de Conclusão de Curso.

+ Você tem interesse em Televisão e o seu TCC será/é neste segmento, CliqueAqui.

- Vá além da sala de aula

A faculdade não é suficiente para a sua formação acadêmica. As aulas são importantes e valiosíssimas. Mas também é relevante a participação em cursos, oficinas, palestras, workshops, debates, grupos de estudos, congressos, projetos de extensão, e outros eventos que tenham foco no jornalismo.

+ Acompanhe Papos da Raposa através do Facebook e Twitter. Sempre divulgamos eventos na área. Clique Aqui.

- Seja informatizado

Baixe em seu smartphone ou aparelho eletrônico aplicativos e programas para facilitar e auxiliar na edição e elaboração de textos, capturação de fotos e vídeos, além de suportes para verificação de ortografia, significados. Hoje em dia existem diversos apps que de fato ajudam nas práticas do jornalismo.

+ CliqueAqui e tenha conhecimentos de quais aplicativos são necessários para um jornalista.

- Aprenda outro idioma

Existem diversas oportunidades de cursos, intercâmbios, estágios e empregos fora do país. Então, é de suma importância o conhecimento em outro idioma, principalmente o inglês e o espanhol – nível intermediário e avançado.

+ CliqueAqui e confira uma entrevista com a intercambista de jornalismo, Carolina Rodrigues. A estudante da Universidade Estadual Paulista  – UNESP realizou intercâmbio no Chile. Saiba como foi a experiência.

- Crie um portfólio

Estudantes devem sempre produzir projetos que servirão de ‘amostra’ da capacidade de desenvolver práticas do jornalismo, mesmo não sendo profissional, seja artigos, críticas, fotografias, audiovisuais, e blog. Saiba que possuir um blog elaborado e ‘alimentado’ por você é irrelevante. No blog você poderá publicar infinidades de arquivos assinados por você. Tem prática de escrever, produzir pautas...? Outra oportunidade para a criação de um blog.

Tudo isso servirá como portfólio. Numa entrevista de estágio ou de emprego fornecer apenas o currículo às vezes não é o suficiente. Com um portfólio você terá mais visibilidade e destaque entre os outros candidatos. Agora, saiba criar e alimentar.

Seja colaborador de blogs, sites e portais. Envie os seus textos para editores. Mostre interesse. O seu nome assinado em publicações é importante.


+ CliqueAqui e confira uma publicação sobre a importância e a criação de um portfólio.
Share on Google Plus

Sobre Lucas Almeida

Lucas Almeida, 20, cearense, é estudanste de jornalismo. Tem interesse em Assessoria de Imprensa, Web Jornalismo e Audiovisual. Criou o blog Papos da Raposa com a finalidade de ajudar estudantes de jornalismo através de artigos, dicas, entre outras categorias.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário

É um prazer tê-lo no Blog Papos da Raposa. Ah, e obrigado pelo o comentário. Volte sempre!